O que é

Você já ouviu falar sobre o Vírus Sincicial Respiratório, também conhecido como VSR?

Ele é um vírus que pode ocasionar uma infecção aguda nas vias respiratórias e pulmões de bebês e crianças. Se você se desesperou, calma, é um vírus comum e ao longo da vida todas as pessoas serão infectadas ao menos uma vez por ele. No entanto, assim como qualquer outro vírus, o VSR demanda atenção e cuidados especiais dos pais e profissionais da saúde.1,2

O VSR causa a bronquiolite, uma das doenças que mais provoca internações em bebês com menos de um ano. Trata-se de uma inflamação nos bronquíolos, parte final da ramificação dos brônquios.3,4

Apesar das infecções respiratórias poderem ocorrer em qualquer período do ano, o início do outono e inverno devido às baixas temperaturas, tornam-se a época em que essas infecções são mais frequentes.5

Sintomas

Começa com uma coriza e talvez até uma febre baixa, como um início de gripe, e pode originar outros sintomas, sendo eles:3

·        Dificuldade para respirar;

·        Chiado no peito;

·        Dificuldades para mamar;

·        Dor de cabeça e garganta;

·        Perda de apetite;

·        Cansaço;

·        Tons azulados na pele.

Quem está sujeito

As crianças, especialmente recém-nascidos são mais propensos a manifestar a infecção, pois ainda não possuem um sistema imunológico completamente desenvolvido, por isso, é comum que todos já tenhamos contraído esse vírus pelo menos uma vez na vida.3, 4

A contaminação pode acontecer de um adulto com um quadro leve para uma criança, de uma criança para outra e assim por diante, é comum principalmente em crianças que já vão à escolinha.2

Diagnóstico

O médico, quando suspeitar de infecção por VSR, deve fazer exame físico e, dependendo dos sintomas apresentados, pedir alguns exames laboratoriais ou de imagem, como por exemplo exames de sangue, Raio-X do tórax e outros que ele ache necessário.5

Prevenção

É importante sempre manter cuidado com a saúde e higiene das crianças, principalmente em épocas mais frias do ano, alguns cuidados importantes são:6

·        Lavar a mão sempre que for pegar bebês e crianças

·        Evitar aglomerações com crianças e bebês pequenos

·        Evitar contato com outras pessoas gripadas

·        Amamentar até, pelo menos, os 12 meses devido à presença de anticorpos no leite materno

Tratamento

Depois que a criança apresentar os sintomas e você levá-la ao médico, ele vai determinar o tratamento medicamentoso recomendado para cada criança, levando em consideração os sintomas que cada uma apresenta.

Além disso, é muito importante que a criança se hidrate e coma bem, fique em repouso e evite contato com outras crianças para evitar a transmissão. Também é muito importante manter o ambiente em que a criança está sempre limpo, desinfetado e higienizado, evitando que outras pessoas da residência contraiam o vírus e evitando que ele permaneça no ambiente.3

 




Referências

1-https://www.hospitalinfantilsabara.org.br/sintomas-doencas-tratamentos/virus-sincicial-respiratorio/

2-https://www.rededorsaoluiz.com.br/doencas/virus-sincicial-respiratorio

3-https://www.spdm.org.br/saude/galeria-de-videos/infectologia/item/2663-entendendo-o-virus-sincicial-respiratorio-vsr

4-https://www.mayoclinic.org/es-es/diseases-conditions/respiratory-syncytial-virus/diagnosis-treatment/drc-20353104

5-https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/sua-saude/Paginas/virus-sincicial-respiratorio-comum-epoca-ano-grave-recem-nascidos.aspx

BR-16797. Material destinado a todos os públicos. Março/2022

Política de Cookies

Esse Website utiliza política de cookies para oferecer uma melhor experiência para o usuário.

Utilizando esse website você permite o uso desses cookies.

Descubra mais sobre como nós utilizamos e gerenciamos cookies lendo nossa Política de Cookies.